Notícias e Publicações
2021/03/05
Risco País e Estudos Económicos

Mais um ano de despesas recorde irá puxar a Zona Euro através do fim do túnel

Mais um ano de despesas recorde irá puxar a Zona Euro através do fim do túnel

2020 deveria ter sido o ano dos défices orçamentais para acabar com todos os défices. Mas parece que as despesas não irão abrandar tão cedo. De facto, no plano de Draghi de revisão da economia italiana está previsto aumentar o défice fiscal, dos 9,5% do PIB do ano passado para os 12% esperados em 2021. Assistimos a uma política fiscal da zona euro tornar-se mais coordenada e harmonizada durante a pandemia; não será surpreendente se os pares italianos seguirem o exemplo.

Para as empresas que contribuem para a infraestrutura física e digital da Europa, isto será uma bonança de contratos públicos. Para os sectores problemáticos do turismo e do lazer, o apoio para sustentar as empresas continuará a fluir. O Ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire, deu recentemente a entender que uma parte dos empréstimos apoiados pelo Estado terá de ser reestruturada, e parte deles poderão ser totalmente cancelados. Se esta prática for implementada em toda a zona euro, o número de insolvências poderá continuar baixo também este ano.

 

Marcos Carias,
Economista da Coface para a Zona Euro
Departamento de investigação económica do grupo Coface

Início