Notícias e Publicações

Novidades

2019/27/06
Risco País e Estudos Económicos

Todas as Notícias

2019/09/07
Institucionais

Ignacio Sestafe, nomeado Director de Marketing da Coface para Portugal e Espanha

A Coface integrou recentemente na sua equipa Ignacio Sestafe, que assumiu a função de Di-rector de Marketing da Coface para Portugal e Espanha.

Ler Mais
2019/25/06
Risco País e Estudos Económicos

A recessão no ciclo industrial atinge as empresas do sector de produtos químicos na Europa e na América do Norte

Os sinais de enfraquecimento da economia global continuam a aumentar. Em 2019, espera-se um aumento do número de insolvências em dois terços dos países (+ 3% na Europa Ocidental). A indústria química na Europa e na América do Norte está a ser afectada pela redução de oportunidades no sector automóvel. As melhorias nas avaliações de risco país estão concentradas no Médio Oriente, incluindo a Arábia Saudita (B).

Ler Mais
2019/08/04
Risco País e Estudos Económicos

Estudo sobre o comportamento de pagamento das empresas na China em 2019: Aumentam os atrasos de pagamento, devido ao fraco crescimento da economia.

2018 Foi um ano relativamente desafiador para a China. O Crescimento abrandou para 6,6% e espera-se que diminua ainda mais em 2019 (6,2% de acordo com as previsões da Coface). Como resultado, 59% das 1.500 empresas Chinesas que participaram no questionário da Coface acreditam que a economia não estará melhor em 2019, a percentagem mais elevada desde 2003.

Ler Mais
2019/03/04
Risco País e Estudos Económicos

Turquia: procura interna mantém-se em declínio, mas as exportações são estimuladas pela depreciação da Lira.

A Turquia enfrenta actualmente um severo declínio económico, juntamente com uma subida abrupta na inflação, em resultado da acentuada depreciação da lira durante 2018, que afectou as dinâmicas de produção e consumo do país. Em Junho do ano passado, a Coface reviu a avaliação de risco país da Turquia para risco elevado (C) e o terceiro trimestre do ano foi marcado por uma onda de desclassificações sectoriais.

Ler Mais
2019/02/04
Institucionais

A Coface lança oferta de seguro de créditos na Grécia

As empresas locais irão beneficiar da experiência da Coface na prevenção de riscos e na protecção dos créditos em cobrança.

Ler Mais
2019/14/02
Risco País e Estudos Económicos

Dois obstáculos para a actividade empresarial em 2019: A crise económica e os riscos políticos

Na sequência da conferência anual sobre o risco país e risco sectorial, a Coface partilha as suas perspectivas sobre as principais tendências da economia mundial para 2019.

Ler Mais
2019/29/01
Institucionais

Coface em Portugal e Abarca anunciam parceria estratégica

Face à necessidade detectada de uma solução que combine o seguro de crédito com seguros de caução, ambas as empresas celebraram um acordo estratégico para a distribuição desses seguros relacionados com a actividade comercial.

Ler Mais
2019/10/01
Risco País e Estudos Económicos

Empresas francesas em 2019: Prevê-se um aumento das insolvências, mas as margens de lucro mais elevadas vão amortecer o impacto da desaceleraçã...

Após dois anos de melhoria, as insolvências estão a aumentar e essa tendência deverá continuar em 2019 (previsão de +0,8%). Esta tendência afecta principalmente as microempresas com rendimentos inferiores a 500.000€. O desempenho decepcionante das exportações das empresas francesas, deve-se, em parte, à sua escolha de aumentar as margens de lucro. Isto aplica-se à maioria dos principais sectores de exportação: automóvel, farmacêutico, aeronáutico e agro-alimentar. Mas esta recuperação das margens será uma vantagem para amortecer o impacto da desaceleração do comércio global em 2019

Ler Mais
2018/03/12
Risco País e Estudos Económicos

PMEs na China: Flexibilização monetária não será suficiente para reduzir a pressão do crédito

Ao considerar o risco na economia Chinesa, muita da discussão concentrou-se nas grandes empresas estatais ou nos grandes conglomerados privados. No entanto, os ventos contrários que afectam as pequenas e médias empresas (PMEs), não devem ser negligenciados. As PMEs lutam pelo acesso a recursos financeiros para satisfazer as suas necessidades de capital circulante e de expansão a longo prazo, no meio de uma guerra comercial iminente com os Estados Unidos e a rápida deterioração das condições de financiamento.

Ler Mais
2018/22/11
Risco País e Estudos Económicos

Energia eólica: Custos de produção vão aumentar devido à influência da guerra comercial e da crise de liquidez

Juntamente com outras renováveis, a energia eólica registou um forte crescimento desde meados dos anos 2000 em todo o mundo, estimulada pelo forte apoio dos governos, um rácio de custo-competitividade favorável (em comparação com centrais nucleares ou instalações de carvão) e com um menor impacto ambiental.

Ler Mais
2018/12/11
Risco País e Estudos Económicos

A meio caminho do seu processo de diversificação comercial, os Emirados Árabes Unidos ainda não estão integrados na cadeia de valor internacional

• Graças à sua localização estratégica, os Emirados Árabes Unidos (EAU) desempenham um papel central nas exportações e re-exportações, conforme demonstrado pelos vários acordos económicos e de cooperação com outros países.
• O novo envolvimento na iniciativa One Belt One Road , representa um risco e uma oportunidade para os EAU.
• No entanto, o país ainda está a meio caminho do processo de diversificação, e ainda está por integrar as cadeias de valor globais.

Ler Mais
2018/25/10
Risco País e Estudos Económicos

Análise de Risco País e Risco Sectorial no Mundo

Algumas economias emergentes estão cada vez mais vulneráveis

• Preços mais elevados do petróleo e saídas contínuas de capital nos mercados emergentes marcam o terceiro trimestre em 2018
• Uma onda de reduções de classificação de risco sectoriais na Turquia e na Argentina
• Melhoria dos riscos na Europa Central e na CEI
• Redução nas avaliações de risco do Paquistão e da Nicarágua, principalmente devido aos riscos políticos

Ler Mais
2018/09/10
Risco País e Estudos Económicos

Insolvências na Europa Central e de Leste: Os bons tempos acabaram

A região da Europa Central e de Leste, tem beneficiado de uma melhoria na actividade económica nos últimos anos. Isso foi especialmente notório em 2017, quando o crescimento médio do PIB na região atingiu os 4,5% - a maior taxa desde 2008. O consumo das famílias e e as entradas resultantes da recuperação dos investimentos em activos fixos, contribuíram significativamente para o crescimento. No entanto, o ambiente de negócios favorável em 2017, não foi o suficiente para impulsionar uma melhoria na situação da liquidez das empresas.

Ler Mais
2018/25/09
Risco País e Estudos Económicos

O aumento dos riscos políticos na Ásia

De acordo com o índice de risco político da Coface, a Ásia classificou-se com 45% no último ranking de risco, acima da média mundial que ficou nos 35%.

Ler Mais
2018/16/07
Risco País e Estudos Económicos

Riscos País e Sectorial no mundo: Sinais de risco aumentam no 2º trimestre

O risco de crédito das empresas está a aumentar nas economias avançadas onde, após um início de ano marcado por uma perda de confiança associada ao aumento de proteccionismo, observa-se um abrandamento no crescimento (previsões de 2,2% para 2018 e 2% para 2019 nas economias avançadas; previsões de 2,1% para 2018 e 1,8% em 2019 para a Zona Euro). Deste modo, a Coface diminuiu a avaliação de Itália para A4, onde as empresas que estão particularmente endividadas e mais vulneráveis a um potencial agravamento das condições de crédito bancário. Os Estados Unidos destacam-se como a excepção, poupados desta fase de desaceleração (previsão de crescimento de 2,7% em 2018, após 2,3% em 2017).

Ler Mais
2018/12/07
Risco País e Estudos Económicos

O sector metalúrgico no mundo: Preços continuam a aumentar em 2018, prevendo-se um possível declínio em 2019

O sector metalúrgico tem desfrutado de uma tendência crescente nos preços e um aumento da procura desde meados de 2016. O crescente proteccionismo nos EUA e na Europa, juntamente com as medidas de retaliação da China, tiveram um impacto na confiança e nos investimentos das empresas – mas ainda não dificultam o crescimento económico. São esperadas várias tendências até ao final de 2019: os preço dos metais comuns devem subir, mas os preços dos metais ferrosos devem diminuir como resultado do excesso de produção

Ler Mais
2018/28/06
Risco País e Estudos Económicos

Período eleitoral na America Latina: Os riscos políticos crescentes prejudicam a situação económica

As eleições Presidenciais que se realizarão na Colômbia, no México e no Brasil nas próximas semanas e meses, visam abordar a insatisfação generalizada com os sistemas políticos em exercício na região. O índice de risco político da Coface mostra que as fragilidades sociais e a corrupção são os assuntos mais sérios. As incertezas políticas podem desencadear problemas como o declínio da igualdade, uma menor confiança das empresas e dos consumidores e atrasos nas decisões sobre investimentos e despesas

Ler Mais
2018/09/04
Risco País e Estudos Económicos

Renegociações do NAFTA – poderá o “elevado-risco” da indústria automóvel do México, transformar-se numa crise?

A indústria automóvel representa um papel importante na economia do México. A representatividade do sector aumentou de 1,5% do PIB do país e 8,5% da sua produção industrial em 1993, para 3% PIB e 18% de produção industrial em 2015. Além disso, o México tem 28 fábricas de veículos que geram, directa ou indirectamente, trabalho a 1.7 milhões de pessoas. A retórica do Presidente Donald Trump, desde o início da sua campanha eleitoral ainda não danificou o sector, mas os riscos intensificaram-se pelas renegociações do NAFTA e pela agenda eleitoral do México.

Ler Mais
2018/12/03
Institucionais

Resultados do ano 2017: Coface duplica resultado líquido para €83,2M, e activa a optimização de capital prevista no seu plano Fit to Win

Os resultados da Coface em 2017 mostram uma grande melhoria: num contexto económico favorável, as acções realizadas no âmbito do plano Fit to Win, permitiu-nos reduzir o índice de sinistralidade durante 5 trimestres consecutivos.

Ler Mais
2018/23/01
Risco País e Estudos Económicos

Conferência Risco País 2018: a recuperação continua, mas chama-se a atenção do risco para as empresas associado ao sobreaquecimento da economia

Por ocasião da sua conferência anual sobre risco país e risco sectorial, a Coface partilha com as empresas as suas perspectivas sobre as principais tendências da economia mundial para 2018.
O ano 2017 trouxe algumas agradáveis surpresas económicas, apesar de ter começado com a ameaça do proteccionismo e ter sido marcado por numerosas eleições e crises políticas. Apenas treze países terminaram o ano em recessão, em comparação com vinte e cinco em 2016. O comércio mundial deu um salto espectacular (cresceu 4,4% em 2017, de acordo com as perspectivas da Coface, face a 1,5% em 2016), enquanto que os riscos associados ao proteccionismo acabaram por não ocorrer.

Ler Mais
Início
  • Portugese