Notícias e Publicações

Novidades

2022/21/12
Risco País e Estudos Económicos

Todas as Notícias

2023/25/01
Risco País e Estudos Económicos

Reabertura da China tem impacto positivo, mas gradual no consumo

O processo de reabertura da China veio mais rápido e mais cedo do que o esperado. Depois de ter anunciado uma flexibilização gradual da sua política de Covid-zero em novembro, a Comissão Nacional de Saúde decidiu finalmente baixar o nível de risco da Covid-19 no final de dezembro do ano passado.

Ler Mais
2022/29/11
Institucionais

Fitch confirma a classificação AA- da Coface, com perspetiva “estável”

A agência de rating Fitch, a 23 de novembro de 2022, confirmou a classificação da Coface AA- Insurer Financial Strength (IFS). A perspetiva permanece estável.

Ler Mais
2022/07/11
Institucionais

A Coface apresenta um novo resultado recorde de 84,0 milhões de euros no terceiro trimestre de 2022.

Volume de Negócios dos primeiros nove meses: 1.363 milhões de euros, mais 15,2% em taxas de câmbio e perímetro constantes, e um aumento de 17,7% sobre a base reportada.

Ler Mais
2022/18/10
Institucionais

COFACE SA: Moody's confirma a classificação da Coface e muda a perspetiva para positiva

A agência de notação Moody's confirmou em 11 de outubro de 2022, a classificação de solidez financeira (Insurance Financial Strength Rating - IFSR) de A2 para a Coface. A agência também mudou a perspetiva da Coface de estável para positiva.

Ler Mais
2022/14/10
Risco País e Estudos Económicos

O Arrefecimento Na Economia Global – Barómetro 3º Trimestre

Para além das repercussões da guerra na Ucrânia, o aperto monetário global e as múltiplas restrições ao crescimento na China retratam uma perspetiva sombria. A curto prazo, a economia parece estar a instalar-se num regime de "estagflação", onde a ausência de crescimento e o aumento rápido dos preços coexistem. A possibilidade de uma recessão global está, entretanto, a tornar-se mais visível.

Neste contexto, a Coface está a fazer revisões gerais em baixa, das suas previsões de crescimento do PIB e das suas avaliações de risco país e risco sectorial.

Ler Mais
2022/19/09
Risco País e Estudos Económicos

Estudo da Coface sobre o comportamento de pagamento das empresas na Alemanha em 2022: as empresas em dificuldades preparam-se para outra crise

Embora a difícil situação económica tenha tido o seu preço, a 6ª edição do estudo da Coface sobre a experiência de pagamentos das empresas na Alemanha indica que o impacto nos pagamentos das empresas em 2022 parece ser moderado e comparativamente menor do que o choque na economia. Contudo, as empresas estão vigilantes no curto prazo e muito pessimistas quanto ao futuro.

Ler Mais
2022/30/06
Risco País e Estudos Económicos

Barómetro Coface Q2 2022: A economia mundial numa encruzilhada

Quatro meses após o início das hostilidades na Ucrânia, há uma série de lições a retirar: o conflito, que está destinado a durar, já perturbou o equilíbrio geoeconómico global. A curto prazo, a guerra está a intensificar as tensões no sistema produtivo, que já tinha sido afetado durante estes dois anos de pandemia, e está a aumentar o risco de uma etapa dura para a economia mundial.

Ler Mais
2022/29/06
Risco País e Estudos Económicos

Aumentam as insolvências nas empresas da Europa Central e Oriental

Várias condições económicas, medidas de apoio e alterações legais afetaram as tendências de insolvência na região da Europa Central e Oriental durante os últimos dois anos. A pandemia de COVID desencadeou uma recessão económica, com uma queda de 4% do crescimento regional.

Ler Mais
2022/19/05
Risco País e Estudos Económicos

Na Conferência sobre Risco País, a Coface reviu em alta a estimativa das implicações do conflito para a economia global

A Coface, líder mundial em seguro de crédito, realizou a sua habitual Conferência Risco País em Lisboa, na qual se reuniram cerca de 100 empresários. Os especialistas em análise económica e risco país partilharam as suas opiniões sobre a situação económica atual, na perspetiva de criar estratégias internacionais que proporcionem às empresas novas oportunidades no estrangeiro, ao mesmo tempo que se protegem contra possíveis situações de incumprimento.

Ler Mais
2022/27/04
Risco País e Estudos Económicos

OS PAÍSES DO GOLFO BENEFICIAM DOS PREÇOS DE ENERGIA MAIS ELEVADOS, MAS AS PRESSÕES INFLACIONISTAS ESTÃO A AUMENTAR

Apesar dos esforços de diversificação, os hidrocarbonetos continuam a constituir a principal fonte de receitas para os países do Golfo. A produção de hidrocarbonetos representa cerca de 30% do PIB nos EAU, 40% no Qatar e na Arábia Saudita, 20% no Bahrain e 45% no Kuwait e em Omã. O aumento dos preços do petróleo deverá assim permitir aumentar a despesa e o investimento do sector público em toda a região. Estes representam quase 40% do total das despesas de consumo final e 20% do investimento total na Arábia Saudita.

Ler Mais
2022/19/04
Institucionais

A COFACE AUMENTA A SUA PRESENÇA NA NOVA ZELÂNDIA COM A ABERTURA DE UMA SUCURSAL LOCAL

A Coface, seguradora de crédito mundial, anuncia a abertura de uma sucursal na Nova Zelândia após ter recebido a aprovação do Banco de Reserva da Nova Zelândia a 1 de Abril.

Esta inauguração num novo país está a potenciar ainda mais a cobertura internacional do Grupo.

Ler Mais
2022/22/03
Risco País e Estudos Económicos

CONSELHOS PARA EXPORTAR PARA O MAGREBE

O Magrebe é uma região com um potencial significativo para o desenvolvimento e crescimento. É um mercado que oferece múltiplas possibilidades. Na sequência da decisão e do compromisso determinado dos governos de se abrirem ao mundo exterior, as empresas estrangeiras têm sido encorajadas a investir na região.

Ler Mais
2022/09/03
Risco País e Estudos Económicos

Consequências económicas do conflito Rússia-Ucrânia: rumo à estagflação

O conflito Rússia-Ucrânia desencadeou tumultos nos mercados financeiros e aumentou drasticamente a incerteza sobre a recuperação da economia global. Desde a nossa última publicação, o mundo mudou e o mesmo aconteceu com os riscos.

Ler Mais
2022/24/02
Risco País e Estudos Económicos

A recuperação global continua em 2022, mas tem um caminho acidentado pela frente - Barómetro Coface Q4 2021

Dois anos após o início da pandemia, a economia global continua a recuperar, mas ainda enfrenta desafios significativos. Após a pausa no 3º trimestre de 2021, a Ómicron evidenciou a imprevisibilidade da pandemia e exacerbou um dos principais fatores que afetam a recuperação: as ruturas nas cadeias de abastecimento. O outro grande risco é a derrapagem da inflação.

Ler Mais
2022/12/01
Risco País e Estudos Económicos

UM EXAME AO EURO, 20 ANOS DEPOIS

Para assinalar o 20º aniversário da introdução do euro nas carteiras europeias, a equipa de investigação económica da Coface examinou os efeitos que esta mudança teve em termos macroeconómicos.

Ler Mais
2022/05/01
Produtos e Serviços

A COFACE LANÇA A "GLOBALINER", A SUA NOVA OFERTA CONCEBIDA PARA MELHOR RESPONDER ÀS NECESSIDADES DAS EMPRESAS MULTINACIONAIS

Graças a uma rede internacional única, uma presença em mais de 100 países e 75 anos de experiência no serviço a empresas exportadoras, a Coface acompanha hoje mais de 600 grandes clientes e é o líder mundial de seguros de crédito para multinacionais. A Coface Global Solutions, com uma estrutura e equipa exclusivamente dedicadas, foi criada em 2012 para fornecer a este tipo de clientes um ponto de acesso central à Coface, beneficiando ao mesmo tempo do serviço e das competências das equipas locais.

Ler Mais
2021/22/11
Risco País e Estudos Económicos

Coface anuncia melhoria da Avaliação de Risco País de Portugal para A2

Mais de 18 meses após o início da recessão global desencadeada pela pandemia da COVID-19, a recuperação económica continua. Em grande medida, esta tendência deve-se ao avanço do processo de vacinação durante o Verão, particularmente na Europa Ocidental e na América do Norte, que ajudou a evitar uma nova onda de restrições de mobilidade e alimenta o otimismo quanto à possibilidade de evitar os confinamentos do ano passado. Em consonância com esta recuperação contínua, a Coface melhorou as avaliações de risco de 26 países, incluindo a Alemanha, França, Itália, Espanha e Portugal, invertendo os cortes decididos no início da pandemia.

Ler Mais
2021/08/11
Risco País e Estudos Económicos

Barómetro Q3 2021: As cadeias de abastecimento e as contrariedades da inflação dificultam a recuperação económica mundial

A recuperação económica continua, mais de 18 meses após o início da recessão mundial desencadeada pela pandemia da COVID-19. Esta evolução resulta em grande parte, do progresso na implementação dos processos de vacinação durante o Verão, em particular nas economias desenvolvidas. Por sua vez, esta situação está a estimular o aumento do consumo de serviços de elevado contacto, tais como a venda a retalho, o alojamento e lazer, etc. A situação permanece irregular nas economias emergentes: esta recuperação está a beneficiar os países orientados para a exportação, enquanto as economias dependentes dos serviços continuam a registar um atraso.

Ler Mais
2021/02/11
Institucionais

A Coface regressa aos escritórios após 18 meses em teletrabalho, implementando um modelo trabalho híbrido

No dia 02 de novembro os colaboradores da Coface em Portugal regressam aos escritórios após 18 meses de teletrabalho.

Durante este período, a empresa focou-se principalmente na saúde dos seus colaboradores, contribuindo para a redução da mobilidade e do contacto em contexto de trabalho, para mitigar o risco de infeções COVID-19, bem como assegurar as operações comerciais, o contacto com os clientes e a manutenção de um excelente nível de desempenho e serviço.

Ler Mais
2021/27/07
Risco País e Estudos Económicos

Barómetro 2º Trimestre de 2021: um mundo a duas velocidades

18 meses após o início da pandemia, o acesso à vacinação é agora o principal factor que define o ritmo da vida quotidiana das pessoas e da economia a nível global. As previsões de crescimento do PIB para 2021 foram revistas em alta (+5,6%), mas isto é, principalmente, o resultado de surpresas positivas nos Estados Unidos. Esta melhoria na perspetiva de crescimento reflete-se no comércio mundial: após um declínio de 5% de volume no ano passado, a Coface prevê um aumento de 11% para 2021.

Ler Mais
Início