Notícias e Publicações

Novidades

2018/09/05
Publicações Económicas

Todas as Publicações Coface

2018/30/04
Publicações Económicas

Estudo sobre o Comportamento Pagamento das empresas Chinesas em 2018: Atrasos nos pagamentos aumentam apesar do rápido e sólido crescimento

Estudo sobre o Comportamento Pagamento das empresas Chinesas em 2018: Atrasos nos pagamentos aumentam apesar do rápido e sólido crescimento
A economia Chinesa encenou um regresso em 2017. O PIB subiu de 6,7% em 2016 para 6,9% em 2017, favorecido pela forte procura, bem como pela falta de políticas monetárias e fiscais. Como resultado, os gestores de risco tornam-se mais complacentes, tanto em termos das suas expectativas económicas quanto em relação aos seus procedimentos de gestão de risco.

Ler Mais
2018/21/02
Publicações Económicas

Infografia - Avaliação de Risco Sectorial no Mundo (Janeiro 2018)

Avaliação da Coface sobre os principais sectores de actividade em todo o mundo: agro-alimentar, automóvel, químico, construção, energia, tecnologia das informações, metalúrgico, papel, farmacêutico, retalho, vestuário, transportes e madeira.

Ler Mais
2018/02/02
Publicações Económicas

Mapa Mundial de Avaliação de Risco País - Janeiro 2018

Mapa Mundial de Avaliação de Risco País - Janeiro 2018.
Entre os vencedores na aceleração do comércio mundial encontram-se várias economias cuja avaliação de risco-país melhorou: Países Baixos (A1), Coreia do Sul (A2),Taiwan (A2), Singapura (A2) e Hong Kong (A2). A Grécia beneficiou do regresso da confiança dos consumidores e das empresas, tendo sido revista em alta a sua avaliação risco-país, da categoria C (risco elevado) para B (risco significativo).

Ler Mais
2017/06/07
Publicações Económicas

Mapa de Avaliação de Risco País - 2º Trimestre de 2017

Mapa de Avaliação de Risco País – Segundo Trimestre de 2017. Melhorias em Portugal, Espanha, Jamaica, Rússia e Ubzequistão. Reduções em El Salvador, Namíbia e Qatar.

Ler Mais
2017/23/06
Publicações Económicas

Rússia: da recessão à recuperação

A evolução do preço do petróleo e a conjuntura internacional (levantamento das sanções) serão decisivos para o investimento privado na Rússia, em declínio desde 2013, e para a retoma que tornaria possível a melhoria e expansão das unidades de produção.

Ler Mais
2017/01/06
Publicações Económicas

INSOLVÊNCIAS NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO EM FRANÇA: AS TAXAS DE JURO SÃO A RESPOSTA

Desde o abrandamento em 2014, vislumbres de uma recuperação foram sentidos no sector da construção. As insolvêcias das empresas estão a diminuir. As famílias Francesas têm tendência em investir na construção, à medida que o seu poder de compra aumenta para o seu nível mais forte, desde o ano 2003, em especial devido ao facto das taxas de juro estarem historicamente baixas. Contudo, as taxas de juro têm vindo a aumentar desde o início do ano, o que poderá colocar um travão nos gastos das famílias, caso esta tendência se mantenha.

Ler Mais
2017/31/05
Publicações Institucionais

ESCASSEZ DE MÃO DE OBRA NOS PAÍSES DA EUROPA DE LESTE: UMA PREOCUPAÇÃO CRESCENTE PARA AS EMPRESAS

O mercado de trabalho na Europa Central e de Leste está a melhorar continuamente. As taxas de desemprego alcançaram os níveis mais baixos alguma vez registados e a maioria das economias da Europa Central e de Leste estão a desfrutar de uma menor taxa de desemprego face à média europeia.

Ler Mais
2017/28/04
Publicações Económicas

ESTUDO: COMPORTAMENTO DE PAGAMENTOS DAS EMPRESA NA CHINA: OS PROBLEMAS ESTÃO NOS DETALHES

Novo estudo da Coface sobre o comportamento de pagamento das empresa na China: em 2016, a prática de prorrogações de crédito na China foi diferente dos anos anteriores. Poucas empresas Chinesas realizaram vendas a crédito – mas as que o fizeram ofereceram melhores termos de garantia de crédito.

Ler Mais
2017/27/04
Publicações Económicas

NOVO ÍNDICE DE RISCO POLÍTICO DA COFACE EM 159 PAÍSES

Após a publicação do risco político para a Europa Ocidental (2016) e para os países emergentes (2013), a Coface lança agora um índice global para 159 países, a combinação de dois importantes aspectos – os riscos de segurança (conflitos e terrorismo) e os riscos políticos e sociais – permite uma classificação completa do risco político.

Ler Mais
2017/13/02
Publicações Económicas

PANORAMA : ESTUDO REALIZADO PELA COFACE BRASIL SOBRE O COMPORTAMENTO DE PAGAMENTO DAS EMPRESAS BRASILEIRAS

A Coface realiza estudos sobre o comportamento de pagamento das empresas em diferentes mercados, incluíndo a China, Marrocos e a Alemanha. Este estudo assinala a sua primeira edição sobre o Brasil, sendo o seu principal objectivo compreender melhor os hábitos de comportamento de pagamento das empresas, bem como a sua saúde económica.

Ler Mais
2017/31/01
Publicações Económicas

PANORAMA: MELHORIAS ECONÓMICAS APESAR DAS INCERTEZAS ACTUAIS

Tendo em conta a queda do preço do petróleo e dos mercados financeiros no Inverno, o referendo relativo ao Brexit no Verão e a eleição de Donald Trump no Outono, 2016 foi pontuado por uma série de acontecimentos surpreendentes. Podemos esperar uma acalmia, ou até melhorias, em 2017?

Ler Mais
2017/24/01
Publicações Económicas

Novo Mapa de Risco País - Janeiro 2017

Novo Mapa de Risco País - Janeiro 2017: 160 países analisados à lupa

Ler Mais
2017/19/01
Publicações Económicas

Frequentes atrasos de pagamento entre as Empresas Polacas

O primeiro estudo realizado pela Coface sobre as experiências de pagamento nas empresas da Polónia foi realizado durante um período de abrandamento económico no país. Esta conjuntura deveu-se a uma nova orientação do orçamento da EU e da relutância por parte das empresas em investir em activos fixos durante 2016. Em comparação com 2015, a Coface estima que o crescimento do PIB, que se fixou por volta dos 2,7%, foi inferior em 1,2 pontos percentuais em 2016. O estudo de pagamentos efectuado espelha a actual situação económica e o ambiente empresarial.

Ler Mais
2016/30/12
Publicações Institucionais

ÁFRICA DO SUL: AINDA SE VIVEM TEMPOS DIFÍCEIS

O crescimento económico na África do Sul está em declínio desde a crise financeira global. Depois de ter atingido um pico em 2011, a taxa de crescimento (afectada pelos baixos preços de mercadorias e problemas de fornecimento de energia) continua a diminuir. Apesar das graves secas terem afectado a agricultura em 2015, as actividades de serviços (tais como a banca e o retalho) apresentaram dinamismo.

Ler Mais
2016/28/12
Publicações Económicas

TURQUIA: O FIM DO PERÍODO TÚLIPA?

A economia na Turquia registou diversos choques ao longo dos anos 2015 e 2016. Intensificados pelas incertezas políticas, pelas tensões regionais, pelo processo de aumento das taxas dos EUA, pelo agravamento da avaliação de crédito e pelas questões de segurança interna, que resultaram na diminuição das receitas de turismo, no abrandamento da procura dos consumidores, na pouca apetência dos investidores (estrangeiros e nacionais) e no enfraquecimento da moeda local. Estes factores contribuiram para um abrandamento das entradas de capital na Turquia – das quais a actividade económica do país é fortemente dependente.

Ler Mais
2016/10/11
Publicações Económicas

ABENOMICS: IMPACTO SILENCIOSO NAS EXPORTAÇÕES E NO IENE, PORQUÊ?

Desde o lançamento do programa Abenomics no início de 2013, o foco esteve na sua primeira medida, ou seja, no estímulo monetário agressivo realizado pelo Banco do Japão a partir de Abril de 2013. Os mercados sempre apelaram – e na generalidade são receptivos – a políticas monetárias mais expansionistas, mas têm existido demasiadas questões sobre o impacto desta primeira medida. Nesta análise, procuramos fornecer algumas informações com base em duas questões chave.

Ler Mais
2016/07/11
Publicações Económicas

ECONOMIA NO MÉXICO: AVIZINHAM-SE TEMPOS DIFÍCEIS

A economia do México tem vindo a aumentar em relação à média registada nos países da América Latina desde 2012. Enquanto que a região contraiu cerca de 0,5% em 2015, o México, a segunda maior economia, cresceu cerca de 2,5%. Olhando para o futuro, contudo, as perspectivas parecem ser menos optimista. A Coface prevê que o PIB do país cresça cerca de 1,6% em 2016 e 1,5% em 2017.

Ler Mais
2016/03/11
Publicações Económicas

ECONOMIAS EUROPEIAS: IRÁ O RISCO POLÍTICO ARRUINAR A FESTA EM 2017?

Após medir o risco politico em 14 países da Europa Ocidental e tendo em consideração indicadores de risco específicos da região (o aumento do eurocepticismo, os sentimentos de anti-imigração e uma fragmentação da cena política), construimos um modelo econométrico com o objectivo de medir o impacto desse aumento das incertezas políticas no crescimento do PIB de cinco países: Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Espanha.

Ler Mais
2016/25/10
Publicações Económicas

Infografia: É o risco político uma nova ameaça para a economia global?

Infografia: É o risco político uma nova ameaça para a economia global?

Ler Mais
2016/21/10
Publicações Económicas

BARÓMETRO DE RISCO PAÍS TERCEIRO TRIMESTRE 2016

Avaliação de Risco País: novas reavaliações impulsionadas pelo choque Brexit e pela queda das receitas do petróleo.

Para além do Brexit, uma série de incertezas continuam a pesar na economia global. O fraco comércio global está novamente no centro da discussão, e não é expectável para breve uma recuperação vigorosa.

Ler Mais
Início
  • Portugese