Notícias e Publicações
2015/19/10
Publicações Económicas

Polónia – resultados sólidos de crescimento económico numa redução sustentável das insolvências de empresas

Polónia – resultados sólidos de crescimento económico numa redução sustentável das insolvências de empresas

O aumento da actividade económica na Polónia já atingiu os níveis necessários para estabilizar o número de insolvências de empresas.

Poderia não aparentar ser o caso das economias emergentes da Europa Central e de Leste que, na maioria dos casos, se encontram num caminho de progresso. A Polónia está a ultrapassar este grupo regional.

Num nível microeconómico, as insolvências de empresas na Polónia estão a reflectir a sua aceleração no crescimento económico. Melhores perspectivas económicas com uma redução do desemprego, um aumento salarial e com uma melhoria de sentimentos de negócios e dos consumidores, provocaram um aumento do crescimento do PIB e contribuíram para uma redução dos números de insolvências de empresas. Simultaneamente, as empresas Polacas mantêm-se exportadores activos e com capacidade para aumentar o volume de comércio externo para novos destinos, bem como para os seus principais mercados. Graças a um certo número de condições melhoradas, as insolvências de empresas Polacas diminuíram cerca de 5.1% em 2014.

 

Até ao momento, este ano gerou dinâmicas menores. As insolvências diminuíram cerca de 3.3% na primeira metade de 2015, com um crescimento económico de 3.4% registado no mesmo período. No entanto, as falências estão duas vezes mais elevadas do que as registadas no primeiro semestre de 2008 e, a redução de insolvências está atrasar a melhoria do ambiente económico.

 

Estatísticas detalhadas de insolvência confirmam os efeitos positivos do aumento do consumo privado e das vendas a retalho. A maioria dos sectores directamente dependentes da procura interna demonstra melhorias nos níveis de insolvência. Os consumidores não estão apenas concentrados nas necessidades diárias mas também estão mais dispostos a comprar bens duradouros.

 

Esta Panorama também debate acerca do impacto do consumo privado nas insolvências de empresas e prevê o nível de dinâmicas necessárias para que se detecte uma estabilização nos números de falências. Segundo a nossa análise, o macro ambiente está a afectar o nível de insolvências. Na Polónia, é necessário um crescimento do PIB de 3.1% e de dinâmicas de consumo privado de 2.9% para estabilizar o número de falências de empresas. Ambos os níveis foram já alcançados pela economia Polaca. A nossa previsão assume que todo o ano de 2015 trará uma diminuição das insolvências de empresas até 8%. Este progresso continuará no ano seguinte, quando se espera que as insolvências diminuam até 5%.

Transferir esta publicação : Polónia – resultados sólidos de crescimento económico numa reduç... (2,82 MB)

Contacto


Alina BORDALO

Tel. (+351) 211 545 406
Mail alina.bordalo@coface.com  
 
 

Início
  • Portugese