Notícias e Publicações
2018/28/06
Publicações Económicas

O Risco Político na América Latina

O Risco Político na América Latina

A América Latina tem um histórico de liderança com sistemas políticos ditatoriais e governos populistas. O Índice de Risco Político da Coface tem em consideração vários aspectos relacionados com questões de segurança, política e fragilidade social. O terrorismo não é uma grande preocupação, mas as estruturas sociais inadequadas, o pessimismo em torno de questões de corrupção e a taxa relativamente elevada de homicídios, são factores que enfraquecem as perspectivas de crescimento na região. As variáveis macro-económicas incluídas no modelo (como o PIB per capita, a taxa de desemprego, a inflação e a desigualdade de rendimentos) são geralmente pontos frágeis nos países da América Latina.

 

Espera-se que o PIB da região ganhe novo impulso em 2018, com uma previsão de crescimento de +2,4% – após uma recuperação em 2017 (1,1%), após dois anos de recessão e uma recuperação da queda nos preços das matérias primas desde 2014.

 

As actuais incertezas políticas podem causar danos, por meio de dois canais de transmissão, que podem agravar-se mutuamente: O declínio nos mercados bolsistas e um aumento nas taxas de obrigações, combinado com baixos níveis de confiança corporativo e familiar (provocando atrasos ou cancelamentos no investimento ou na decisão de consumo). No caso de um vácuo governamental longo, qualquer congelamento nos gastos públicos teria um impacto negativo na actividade.

Transferir esta publicação : O Risco Político na América Latina (1,88 MB)

Contacto


Para mais informações:

Cláudia MOUSINHO
Tel. (+351) 211 545 408
Mail claudia.mousinho@coface.com 

Início
  • Portugese