Notícias e Publicações
2016/07/11
Publicações Económicas

ECONOMIA NO MÉXICO: AVIZINHAM-SE TEMPOS DIFÍCEIS

ECONOMIA NO MÉXICO: AVIZINHAM-SE TEMPOS DIFÍCEIS

A economia do México tem vindo a aumentar em relação à média registada nos países da América Latina desde 2012. Enquanto que a região contraiu cerca de 0,5% em 2015, o México, a segunda maior economia, cresceu cerca de 2,5%. Olhando para o futuro, contudo, as perspectivas parecem ser menos optimista. A Coface prevê que o PIB do país cresça cerca de 1,6% em 2016 e 1,5% em 2017.

Um ambiente global menos favorável é a principal razão por detrás deste abrandamento económico. As eleições presidenciais nos Estados Unidos criaram volatilidade no mercado Mexicano devido à forte dependência económica em relação ao seu vizinho do Norte. A abordagem menos flexível ao comércio externo apresentada pelos candidatos está também a ameaçar o futuro das relações comerciais. Para além deste tema político, a Coface espera que a economia nos Estados Unidos continue a abrandar em 2017 (registando +1,5%, após +1,6% em 2016). Face a este cenário, juntamente com a inexpressiva actividade industrial nos EUA, o sector industrial no México é provável que volte a desapontar novamente. Além disso, a queda na produção de petróleo, com preços internacionais mais baixos, continua a representar uma maior preocupação no domínio fiscal. A dívida pública aumentou para 42,3% em 2015, mais 38,3% do que em 2013, e é expectável que atinja 45% no final do ano.

Esta deteriorização da perspectiva macroeconómica está claramente a ter repercussões ao nível micro. O momento é, por isso, de abrandamento nos sectores relacionados com o consumo privado. A Coface reviu em baixa a avaliação de risco para os sectores do retalho e automóvel, enquanto que os sectores dependentes de produtos base continuam em risco.

 

Descarregue a publicação

 

  • Uma perspectiva económica preocupante
  • Barómetro de Risco Sectorial
Transferir esta publicação : ECONOMIA NO MÉXICO: AVIZINHAM-SE TEMPOS DIFÍCEIS (833,08 kB)

Contacto


Para mais informações:

Cláudia MOUSINHO
Tel. (+351) 211 545 408
Mail claudia.mousinho@coface.com 

Início
  • Portugese